Prefeito é condenado por pagar funeral de sogro com dinheiro público no interior de SP

  • 25/06/2024
(Foto: Reprodução)
Prefeito Marcos Antônio Saes Lopes (PSB), de Estrela D'Oeste (SP), tentou justificar a despesa usada no funeral criando uma lei em regime de urgência; foram desviados R$ 4,8 mil, quantia dez vezes maior do que a arrecadada pelo município. O g1 tenta contato com o acusado. Prefeito de Estrela D'Oeste, Marcos Antonio Saez Lopes, que foi condenado por desvio de verbas públicas Prefeitura de Estrela D'Oeste/Divulgação O prefeito de Estrela D'Oeste (SP), Marcos Antônio Saes Lopes (PSB), foi condenado por improbidade administrativa por custear as despesas funerárias do sogro com dinheiro público. O crime foi cometido em 2021, mas a sentença foi emitida no dia 11 de junho deste ano. Ainda cabe recurso. 📲 Participe do canal do g1 Rio Preto e Araçatuba no WhatsApp Marcos Antônio ainda tentou justificar a despesa de R$ 4,8 mil usada no funeral criando uma lei em regime de urgência, que depois foi questionada por ação de inconstitucionalidade. O caso foi julgado pela juíza Carolina Gonzalez Azevedo Tassinari. Na sentença, ela escreveu que os familiares de Pedro Assunção Toledo, sogro do prefeito, teriam condições financeiras para arcar com o funeral, mas optaram pelo uso de recursos públicos. Segundo a sentença, Marcos autorizou que o Fundo de Assistência Social do Município pagasse as despesas, que superaram em dez vezes o valor de R$ 400 arrecadado pela prefeitura por um serviço que auxilia pessoas carentes. No julgamento, o prefeito negou a irregularidade e alegou que a ajuda foi justificada pelo passado de Toledo como vereador da cidade. O fato de o valor ter sido parcialmente restituído pela viúva após uma representação anônima e a investigação ministerial, em 22 de setembro em 2022, um ano após o desembolso, não anula o prejuízo e nem a prática do ato, segundo a juíza. Como condenação, o prefeito terá que ressarcir os prejuízos causados, no valor inicial de R$ 1 mil, e pagar uma multa civil idêntica ao valor do dano. Marcos Antônio também está proibido de fazer contratações com o poder público e de receber benefícios, incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente por dois anos. O g1 tenta contato com a defesa do prefeito. Veja mais notícias da região no g1 Rio Preto e Araçatuba VÍDEOS: confira as reportagens da TV TEM

FONTE: https://g1.globo.com/sp/sao-jose-do-rio-preto-aracatuba/noticia/2024/06/25/prefeito-e-condenado-por-pagar-funeral-de-sogro-com-dinheiro-publico-no-interior-de-sp.ghtml


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 5

top1
1. saudade da minha vida

gustavo lima

top2
2. uai

zé neto e cristiano

top3
3. rancorosa

henrique e juliano

top4
4. eu e voce

jorge e matheus

top5
5. solteirou

luan santana

Anunciantes